01 fevereiro 2012

Saudade, de tudo por aqui


Nossa, eu te abandonei.

Como um objeto qualquer
em qualquer esquina
se levando pelo jeito
se deixando levar pela falta de tempo.

A saudade daqui dói, e a cada dia que passa uma parte disso aqui vai morrendo aos poucos.
Outros planos, outras glórias, outras preocupações.

Eu, teimosa que sou, sempre volto pro meu eu.
Meu refúgio, onde eu posso me descobrir a cada dia.

Nunca me deixe partir.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo blog, muito lindo mesmo.

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir